Monday, January 15, 2007






A Isabel Carvalho não nos deixa ver os cadernos de esboços dela. Só um ou outro de vez em quando mas com as mãos atrás das costas e a dois metros de distãncia. Depois publica-os em fanzines com uma tiragem de três exemplares, um para ela destruir num eventual acesso de fúria, outro para enterrar numa mata, e outro para poder dizer "desculpa lá, não te posso vender, já só tenho este"... Basta de tamanha timidez! Se amanhã por esta hora o blog não estiver repleto com essas imagens bizarras, partimos para a luta.